O Trabalho híbrido, seus desafios e oportunidades para as empresas.

Um dos conceitos mais debatidos e estudados ultimamente nas empresas em todo o mundo é o trabalho híbrido, suas vantagens, desvantagens, consequências e como tudo isso afeta a vida do colaborador e do negócio.

Um dos conceitos mais debatidos e estudados ultimamente nas empresas em todo o mundo é o trabalho híbrido, suas vantagens, desvantagens, consequências e como tudo isso afeta a vida do colaborador e do negócio.

O fato é que a pandemia do Coronavírus acelerou o processo de implementação e ajudou a validar o modelo híbrido nas empresas de todos os portes e segmentos, além de instituições de ensino e até na vida social das pessoas. No entanto, esta antecipação forçada da metodologia, trouxe algumas dúvidas para os gestores de mobilidade responsáveis pela movimentação dos colaboradores, além de problemas na otimização de algumas empresas, mas, antes de apresentarmos seus desafios, vamos conceituar o trabalho híbrido.

Não perca nossas publicações semanais sobre transporte de seus colaboradores.

Como funciona essa metodologia de trabalho?

A metodologia híbrida de trabalho é um movimento que busca construir a experiência laboral ao redor e para o colaborador, o capacitando para o exercício de sua função independentemente de sua presença física no posto de trabalho tradicional. Apesar desta definição, vale destacar que tal modelo de trabalho traz benefícios – e muitos – para as empresas, que vão desde maior produtividade, felicidade do colaborador e retenção de talentos, até a relevante redução dos custos de operação. 

Coordenação e organização são indispensáveis e a Buus pode ajudar.

Adaptar a sua empresa a este modelo de trabalho é cada vez mais fundamental e a organização é determinante para que os pontos potencialmente positivos se tornem realidade e seu transporte não vire um grande (e difícil) quebra-cabeças. O custo do não alinhamento do transporte à demanda real pode impossibilitar a economia de centenas de milhares de Reais por mês.

Ainda no campo do transporte dos colaboradores vale considerar: o modelo híbrido reduz as movimentações e altera significativamente os custos e rotas e, para que o negócio não erre o caminho, é essencial que haja o investimento em roteirização e otimização na frota de veículos que servem aos funcionários. Pode parecer complicado organizar tudo isso, no entanto, a Buus tem a tecnologia e expertise necessárias para oferecer para seu negócio o melhor e mais otimizado modelo de fretamento de transporte para seus colaboradores. Nossas ferramentas de roteirização, reserva de assentos e controle de acesso, aliadas ao atendimento personalizado de nossa equipe de especialistas certamente vão ajudar seu negócio a chegar muito mais longe.

O formato híbrido de trabalho veio para ficar e, quanto antes seu negócio recalcular a rota e investir em otimização, maiores são as possibilidades de explorar todos os seus benefícios.

Fale com a Buus para entrar na era da transformação digital dos transportes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *