Gestão de Mobilidade para Indústrias – Passo 7

Com as informações reunidas ao longo das últimas atividades, ensinamos como planejar cenários para otimização do transporte fretado nas indústrias.

Este post explica sobre Otimização da operação de transporte fretado para indústrias. Para ver todas as outras atividades, clique aqui

Com todas as informações que foram reunidas desde o começo do processo, é possível testar novos cenários para o transporte dos 5 mil colaboradores: A ocupação dos embarques está boa? É possível usar um vale transporte para reduzir custos e aumentar a eficiência geral da rota?

Os clientes e o seu chefe sempre querem um serviço cada vez melhor, certo?

O objetivo da otimização é usar as informações coletadas durante todo o processo da operação para experimentar diversos cenários, e com isso, tomar decisões baseadas em evidências.

Utilizando um sistema que entrega essas informações é possível começar a definir cenários com outros objetivos, realizar testes e começar a desenvolver casos como: 

  • Quanto eu posso economizar na operação fazendo os passageiros andarem um pouco mais para pegar o veículo em outros pontos?
  • Posso fazer rotas que sejam eficientes ao mesmo tempo em que aumentam o nível de serviço para os passageiros? 
  • Em termos de qualidade, o que acontece quando eu mudo um cenário de embarques porta a porta para um de acesso com caminhada de até 800 metros até a parada? 
  • Onde mais a operação pode/deve melhorar?

Como mostrado no diagrama acima, quanto mais informações você tiver à disposição, mais complexo é para se ter as respostas – e mais valor agregado você pode gerar.

Atualmente a maioria dos gestores de mobilidade já possui algum tipo de relatório sobre o que aconteceu e, quando utilizam um sistema de rastreamento, também sabem o que está acontecendo. Mas para agregar valor verdadeiro ao transporte, você precisa analisar as informações e entender porque as coisas estão acontecendo. A partir daí, é possível otimizar e criar novos cenários que atendam melhor os colaboradores e que tenham preços mais interessantes.

Este post foi escrito por Warner Vonk com colaboração de Bryan Gonçalves.

warner

Autor: warner

CEO of Buus | Promovendo a transformação digital do transporte de colaboradores no Brasil e no mundo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *