Comunicação para empresas e gestores de Transporte

Informações e dicas de como comunicar seus passageiros na crise do novo coronavírus

Na última crise (de abastecimento de combustíveis) percebemos que os passageiros precisam que a própria empresa comunique o que irá acontecer com seus serviços.

Na atual situação, podemos imaginar informações sobre:

  • Mudanças nos horários: Quando há mudanças nos horários, mas a operação seguirá em funcionamento (mesmo que de forma reduzida), ou simplesmente quando os horários usuais continuam vigentes.
  • Medidas de higiene: Informar o que a sua empresa faz para manter o ônibus higienizado.

No fundo, o que os seus passageiros querem é que tenha alguém que se importe com eles. O passageiro já sente que está sendo ignorado pelo governo estadual e federal em todos os setores.

Quando você oferece para seu cliente a sensação de que está preocupado com ele, o cliente irá se sentir abraçado. Ainda mais nesses tempos de incerteza, insegurança e medo… todo mundo precisa de carinho!

Imagine que o seu único canal de informação é a mídia de massa ou as redes sociais: Com certeza noticias boas não vão chegar até o seu cliente, pois o que prevalece e se espalha mais rápido — como o coronavírus — é a notícia ruim.

Para estimular uma maior comunicação entre empresas de transporte e seus passageiros, providenciamos à seguir um modelo de informativo que pode servir como inspiração para manter os seus passageiros informados:

“Em decorrência do decreto sobre a COVID-19 (Decreto nº 46.970, publicado no último dia 13/03/2020 em edição extra do Diário Oficial do Estado do Rio de Janeiro), nos conscientizamos como medida preventiva para garantir a segurança e bem-estar de todos aqueles que utilizam nosso transporte.

A ____________ esclarece ainda que segue atenta aos desdobramentos da doença e reitera que vem intensificando o treinamento com a equipe com campanhas de conscientização e rotina de limpeza. Dentre as medidas, está o aumento da limpeza de áreas muito tocadas, como balaústres, catracas, corrimãos de escadas e descanso de braços.”

Caso você conheça outras sugestões que funcionam bem em tempos de crise, comente aqui, por favor!

warner

Autor: warner

CEO of Buus | Promovendo a transformação digital do transporte de colaboradores no Brasil e no mundo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *